Panetone ou pizza na final do Brasileirão?

Estou postando a minha redaçao do Enem (dez/2009) da qual, consegui 900 pontos. \o/

Há muito tempo que não nos causa espanto, repulsa ou indignação, denúncias de escândalos sexuais, corrupção ou crimes fiscais, vinculadas a membros do poder público ou entre civis. Nos acostumamos e acomodados com a cultura do “jeitinho brasileiro”, e agora protagonizamos uma grava crise ética na política e dentro de nossos lares.
Foi manchete até nos jornais internacionais, a última denúncia envolvendo políticos brasileiros e a passividade da população brasileira, acostumada com tal situação. Al Capone, Pablo Escobar e até mesmo o fictício Poderoso Chefão, ficariam admirados com a criatividade do jeitinho brasileiro, infelizmente, não apenas na política.
Rimos sem prestar atenção das ironias sarcásticas do Arnaldo Jabor e de programas como o CQC da Bandeirante, o programa do Jô da Rede Globo o Furo MTV da MTV, entre outros, e ignoramos também as conseqüências dessa passividade e da impunidade que está enraizada na nossa cultura e não apenas na política. Virou moda entre os jovens brasileiros, cometer atos violentos e repugnantes, e depois exibi-los na internet, e inacreditavelmente, seus pais, ao invés de repreendê-los e educá-los, vêm a público e os defendem, dizendo que são apenas crianças. Se “crianças” são capazes de tal nível de violência, imagine na idade adulta?
A falta de ética e honestidade não se restringe à Brasília, é uma epidemia colonial presente em todo território nacional, ela está nas ruas, nas universidades, nas praças, padarias, shoppings, nas nossas casas, na maneira que educamos nossos filhos e também, nas prefeituras, câmaras, senados e congressos.
Ontem foi o escândalo com o vídeo envolvendo o governador de Brasília e membros do DEM, com esquemas de propina, hoje estamos sentados reclamando das atitudes dos nossos representantes antes de começar a novela, porque, depois, estaremos ocupados discutindo calorosamente sobre o que vai acontecer no próximo capitulo e sobre quem vai vencer o Brasileirão. E amanhã?
Bem, amanhã, caiu no esquecimento, a mocinha da novela separou do mocinho graças a um plano diabólico da vilã, outro jogo de futebol, carnaval chegando, e enquanto comemos pizza e de sobremesa panetone, assistimos a um novo escândalo.



Dandara A.M.L Silva

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comentários:

Costelinha de Leitão disse...

não é à toa que recebeu 900 pnts. Parabéns ! você escreve divinamente sem contar que sabe muito bem escolher os assuntos certos , novamente parabéns !

gilcélio D.I.Y disse...

ficou massa véi, o lance é q todo mundo vê q ta tudo errado mas ninguem qer faze nada, pq antes tem q ver o jogo do seu time ou o proximo capitulo da novela, assim deixando o q é importante sempre pra depois, ow seja nunca.

ocsjwolf disse...

uái... é akilo q eu te falei no msn ( heuhauhue povo curioso vai kerer saber ), tirando só as partes repetidas, erros de portuga, as pekenas fugas, e deixar mais esclarecida algumas cousas ficou xuxu blz.

K! disse...

uhuuuuu merecia 1000 seduçãooo!!!
AMEIIIIII!!!!
Parabénsss!!!
=DDDDD

(só pra coisa ficar fofa eu vou dizer ^^)
AMO VC!!!!
=DDDDDDD

*~Gabriela Carvalho~* disse...

Caraca , ficou foda!
Parabéns!!!! ;*****

bechara disse...

"O passaporte para revelar histórias não contadas, para contar histórias esquecidas, para investigar, para descobrir aquilo que à primeira vista ou à vista da maioria parece banal, mas que pode ser algo extraordinário. O jornalismo, não se esqueçam disto, nos dá a possibilidade de denunciar o que está errado e de anunciar o que pode ser"já dizia Fernando Evangelista.A imprensa é um dos mais importantes serviços que existe na sociedade atual, pois o tempo e o descaso colocaram a população apenas como mera massa trabalhista e não mais, segundo Rosseau:"Donos do estado".O que você escreveu nada mais é que uma reação comum(teoricamente comum)sobre algo incomum, também teoricamente.É a indignação de um cidadão que percebe que a melhor forma de mudar algo é acordando e incitando a massa e isso é um dos papéis do jornalista, ajudar a formar opiniões de maneira idonêa e imparcial mostrando os fatos e, por que não, o caminho, mas sem tampar a visão do cavalo.
Temos que a indignação presente no meio da massa é um mero joguete, pois ninguém ousa levantar a voz(e para quê?Para tomarmos o poder e voltarmos a ser o que era?)Nosso país, Ah querida pátria, nada mais é que uma casa de imorais,falsos e gananciosos, onde o que importa é o próprio bem estar.Vendo desse forma,eu digo, seu texto é capaz de acordar um, dois, 20, 300,...mas também é capaz de suscitar algo raro em nosso país:reflexão.

Eu te amo

K! disse...

Uiiiii GEMEAAA AMEIII!!!!
merecia mais!
asieuhasiuehasiuehasiueh

AMO VC SEDUÇÃOO!!!
*------------*

relax-map-ufb disse...

Lindo cincerámente estou sem palafras!!
como se a bomba da "vilania" caise em minhas mão!!
Quanta cria tividade,são por esses
meios de pensar que devemos nos unir
epençar que tipo de pessoas vão ser nossos filhos!!

Gerson disse...

Concordo merecia mais..^^

Fico muito bom Danada..ideia tah massa..pena q a alienaçao domina a grande maioria..